Neoliberalismo – O que é?







O Neoliberalismo é um conjunto de idéias, caracterizado pela defesa da exclusão do estado na economia. Esta é uma redefinição do liberalismo clássico, defendendo a liberdade do mercado, onde as burocracias dentro do comércio, dando assim a liberdade a economia de maneira geral dentro do país, de crescer de maneira exponencial.

Além do crescimento econômico, as idéias políticas e econômicas capitalistas defendidas pelo neoliberalismo, tem uma proposta de maior desenvolvimento social, posto que contribui para o bem-estar da população, uma vez que proporciona maiores possibilidades de prosperidade e poupa o cidadão de transtornos provocados pelas contribuições impostas pelo estado.

Neoliberalismo, economia e globalização

Neoliberalismo, economia e globalização

Neoliberalismo no Brasil

Segundo alguns críticos, países menos desenvolvidos como o Brasil, tendem a ser prejudicados por uma economia neoliberal. A justificativa é que o Neoliberalismo traria ao país maior desemprego, desigualdade social, além de tornar o país dependente do capital internacional. Estes, defendem a tese de que o neoliberalismo é capaz de beneficiar apenas grandes potências e países mais desenvolvidos. Como consequência, o Neoliberalismo pode ainda fazer com que os produtos internos sejam mais caros do que os importados, cortejando o capital internacional.

Por outro lado, aqueles que defendem a forma de economia, acreditam que é um grande passo para acelerar o desenvolvimento de maneira geral de uma nação. Os defensores do Neoliberalismo apontam que com ele, a economia torna-se mais competitiva, além de diminuir os preços e a inflação.

Confira os princípios básicos do Neoliberalismo:

- Mínima participação estatal nos rumos da economia de um país;
- Pouca intervenção do governo no mercado de trabalho;
- Política de privatização de empresas estatais;
- Livre circulação de capitais internacionais e ênfase na globalização;
- Abertura da economia para a entrada de multinacionais;
- Adoção de medidas contra o protecionismo econômico;
- Desburocratização do estado: leis e regras econômicas mais simplificadas para facilitar o funcionamento das atividades econômicas;
- Diminuição do tamanho do estado, tornando-o mais eficiente;
- Posição contrária aos impostos e tributos excessivos;
- Aumento da produção, como objetivo básico para atingir o desenvolvimento econômico;
- Contra o controle de preços dos produtos e serviços por parte do estado, ou seja, a lei da oferta e demanda é suficiente para regular os preços;
- A base da economia deve ser formada por empresas privadas;
- Defesa dos princípios econômicos do capitalismo.


Conteúdo relacionado a Neoliberalismo – O que é? :



Receba novidades sobre Neoliberalismo – O que é? no seu e-mail:


Os comentários estão fechados.